Príncipe Philip: 1921-2021

Príncipe Filipe Mountbatten, Duque de Edimburgo  (1921-2021) nasceu na Grécia. Era filho do príncipe André (1882-1944), irmão do rei Constantino I da Grécia, e da princesa Alice de Battenberg (1885-1969), bisneta da rainha Vitória da Inglaterra (1819-1901) e sobrinha da czarina Alexandra da Rússia(1872-1918). Philip era o único menino do casal. Sua madrinha foi a sua avó paterna, Olga, rainha viúva da Grécia, filha do czar Nicolau I.O tio de Philip, o rei da Grécia, foi obrigado a abdicar em setembro de 1922, e a família real grega foi banida do país. Sua tia Maria Bonaparte (1882-1962) em 1922 lhe acolheu e ofereceu educação inicial quando sua família se refugiou em Paris. Maria Bonaparte, psicanalista e escritora francesa ligada a Sigmund Freud. Utilizou-se de sua fortuna para ajudar a popularizar a psicanálise. Também ajudou Freud a fugir da Alemanha nazista. Marie Bonaparte (1882-1962), princesa da Grécia, foi paciente, depois discípula e amiga de Freud. Deve-se à essa mulher a preservação do acervo de Freud para posteridade. Foi ela quem impediu que Freud, sua família (mulher, filhos e netos), seus textos, objetos etc. fossem alvos da perseguição nazista. Assim, por sua mão, Freud chegou em Londres em junho de 1938.

REFUGIADO EM PARIS - Princesa Marie, Neé Bonaparte e Príncipe George da Grécia. Maria Bonaparte (1882-1962) descendente de Napoleão Bonaparte e princesa real por casamento acolheu o jovem Príncipe Philip e lhe ofereceu educação inicial quando sua família se refugiou em Paris.
REFUGIADO EM PARIS – Princesa Marie, Neé Bonaparte e Príncipe George da Grécia. Maria Bonaparte (1882-1962) descendente de Napoleão Bonaparte e princesa real por casamento acolheu o jovem Príncipe Philip e lhe ofereceu educação inicial quando sua família se refugiou em Paris.

JUSTO ENTRE AS NAÇÕES

Na foto, o falecido príncipe Philip (1921-2021) planta uma árvore nos jardins do Yad Vashem em Israel, em memória de sua mãe, a princesa Alice de Battenberg (1885-1969), que salvou a família Cohen em Atenas. A foto é de 1994, do arquivo da Biblioteca Nacional de Israel. A Princesa Alice é considerada Um JUSTO ENTRE AS NAÇÕES. Ela escondeu a família Cohen em sua casa em Atenas durante o Holocausto, graças a ela a família sobreviveu. Príncipe Philip – ele mesmo lutou contra os nazistas, enquanto suas irmãs eram pró-Alemanha nazista, como o príncipe Eduardo VIII do Reino Unido (1894-1972).

UM JUSTO ENTRE AS NAÇÕES - Príncipe Philip (1921-2021) planta uma árvore nos jardins do Museu Yad Vashem em Israel, em memória de sua mãe, a princesa Alice de Battenberg (1885-1969).
UM JUSTO ENTRE AS NAÇÕES – Príncipe Philip (1921-2021) planta uma árvore nos jardins do Museu Yad Vashem em Israel, em memória de sua mãe, a princesa Alice de Battenberg (1885-1969).

VOCÊ TEM QUE FAZER CONCESSÕES. ISSO É A VIDA

Sir Winston Churchill bloqueou a ambição ardente do príncipe Philip que enfrentou desistir de sua carreira quando a princesa Elizabeth se tornou rainha em 1952 – e o Estadista inglês impediu o duque de Edimburgo de assumir outros papéis.

A rainha Elizabeth II (1926) e o príncipe Philip (1921-2021) foram casados por 74 anos. Quando Sua Majestade subiu ao trono em 1952, Winston Churchill era o primeiro-ministro e o estadista mais velho que guiou Elizabeth, de 25 anos, à medida que ela crescia em seu papel. No entanto, o célebre líder colocou obstáculos no caminho do marido da nova Rainha, de acordo com Lady Pamela Hicks, prima do Príncipe Philip e filha de Lord Louis Mountbatten: “Grego, não é um escocês bem-nascido”, afirmou Churchill a jovem Rainha.  Anos depois, o próprio Philip disse: “Achei que ia seguir carreira na Marinha, mas ficou claro que não havia esperança. Não havia escolha. Simplesmente aconteceu. Você tem que fazer concessões. Isso é vida. Eu aceitei. Tentei tirar o melhor proveito disso”. Principe Philip sempre andou três passos atrás de sua esposa, afirmou Lady Pamela Hicks, filha do tio do Príncipe Philip, Lord Louis Mountbatten, assassinado pelo IRA em 1979.

Principe Phillip foi um dos cadetes mais hábeis de sua geração no Royal Naval College Dartmouth, onde serviu durante a Segunda Guerra Mundial. Quando Sua Majestade subiu ao trono em 1952, ele foi relegado a uma posição subordinada e a mais pública que se possa imaginar. Mas não haveria resmungos. 

UM FÃ DOS BEATLES

Sua Alteza Real o Príncipe Philip (1921-2021) Duque de Edimburgo, marido da Rainha Isabel II com os Beatles em Londres no prêmio Carl-Alan no Empire Ballroom em Leicester Square, Londres em 23 de março de 1964. Da esquerda para a direita – Ringo Starr, George Harrison (1943-2001), John Lennon (1940-1980) e Paul McCartney. Príncipe Philip era um declarado fã dos garotos de Liverpool.

FÃ DOS BEATLES - Sua Alteza Real, Príncipe Philip (1921-2021) com os Beatles em Londres em 23 de março de 1964.
FÃ DOS BEATLES – Sua Alteza Real, Príncipe Philip (1921-2021) com os Beatles em Londres em 23 de março de 1964.

A ATUAÇÃO VITORIOSA DA FEB

Príncipe Phillip visita o MEMORIAL DA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA situado no MONUMENTO NACIONAL AOS MORTOS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL no Rio de Janeiro, em 1968. Ele depositou uma coroa de flores no local e conversou com dois expedicionários brasileiros, que lutaram junto aos aliados durante a Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945). Na primavera européia de 1945, o Marechal britânico Harald Alexander dirigiu o general Mark W. Clark enquanto as forças aliadas lançavam suas ofensivas finais no teatro de operações na Itália. No final de abril de 1945, as forças do Eixo na Itália foram destruídas pelas forças aliadas. A FEB – FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA era integrada ao 5º Corpo do Exército norte-americano, sob o comando do general Willis D. Crittenberger, este por sua vez adscrito ao V Exército dos Estados Unidos, comandado pelo general Mark W. Clark. O interesse do Príncipe Phillip, aos conversar com os dois veteranos expedicionários brasileiros era ouvir de viva voz a atuação vitoriosa da FEB no teatro de operações na Itália. 

UM AMIGO DO BRASIL - Príncipe Phillip visita o MEMORIAL DA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA com a Rainha Elisabeth II em 1968, onde depositou uma corbélia de Flores no túmulo do Soldado Desconhecido - foto de O Globo
UM AMIGO DO BRASIL – Príncipe Phillip visita o MEMORIAL DA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA com a Rainha Elisabeth II em 1968, onde depositou uma corbélia de Flores no túmulo do Soldado Desconhecido – foto de O Globo

ARTILHARIA DISPARA EM TODO O REINO UNIDO EM HOMENAGEM SOLENE AO PRÍNCIPE PHILIP

Saudações com tiros de artilharia marcaram as homenagens ao falecimento do príncipe Philip, duque de Edimburgo e marido da rainha Elizabeth II. As cerimônias aconteceram em todo o Reino Unido, em Gibraltar e no mar. O Ministério da Defesa do Reino Unido afirmou que as baterias dispararam 41 tiros a cada minuto em cidades como Londres, Edimburgo, Cardiff e Belfast, bem como Gibraltar e navios de guerra da Marinha Real.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome