quinta-feira, 20 de junho de 2024
18.3 C
Blumenau

Retorno das Sobras da Cooper terá início nesta semana

Filial Nações Indaial, inaugurada em 2013
(Divulgação/Cooper)

A partir da terça-feira (30), os cooperados da Rede Cooper podem utilizar o Retorno das Sobras. O montante de R$ 18,9 milhões foi aprovado na Assembleia Geral Ordinária (AGO), sendo R$ 15,9 milhões destinados em créditos para compras, disponíveis para uso nas lojas, e R$ 3 milhões em juros sobre o capital.

Cada cooperado terá um valor individual proporcional ao seu consumo no ano anterior, podendo utilizar integral ou parcialmente até o dia 30 de novembro.

Para usufruir desse benefício, tanto nas lojas físicas e farmácias, quanto no e-commerce, por meio do Cooper Entrega ou Clique e Retire, é necessário que o cooperado renove a sua senha este ano e mantenha seu cadastro atualizado nos últimos dois anos.

As atualizações podem ser realizadas de forma mais rápida e prática pelo aplicativo Minha Cooper ou pessoalmente no SAC de uma das lojas da Rede Cooper, mediante apresentação de documento com foto.

Manter o cadastro atualizado também permite o acesso a informações sobre a cooperativa, como notícias e agenda das atividades dos nossos programas de relacionamento.

Retorno das Sobras

O Retorno das Sobras, além de um direito, é uma forma de reconhecimento aos cooperados que confiam e investem na Rede Cooper por meio da compra de produtos, uma vez que consiste no lucro da cooperativa que retorna para eles.

“Essa medida representa uma forma de impulsionar o desenvolvimento econômico local, em consonância com os princípios cooperativistas de participação econômica dos membros e interesse pela comunidade. Assim, os cooperados podem poupar e reinvestir em empreendimentos locais, resultando em um impacto positivo na economia regional e sustentando o ciclo de vantagens do cooperativismo, no qual todos saem ganhando”, contribui o presidente Executivo da Rede Cooper, Osnildo Maçaneiro.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas