Meninos estão sendo retirados da caverna na Tailândia

Visita do primeiro ministro ao local do resgate (Thaigov)
Visita do primeiro ministro ao local do resgate (Thaigov)

Mergulhadores estão retirando desde o domingo (8) os meninos presos na caverna Tham Luang, na Tailândia. Ao menos 11 das 13 vítimas já haviam sido retiradas até a manhã desta terça-feira (10).

Além de 12 meninos, que fazem parte de um time de futebol, o técnico de 25 anos também está preso desde o dia 23 de julho. Eles entraram na caverna e foram surpreendidos por uma inundação que impediu a saída.

Eles foram encontrados após nove dias de intensas buscas por dois mergulhadores britânicos. Após uma semana de privação eles já estavam ficando desnutridos, o que torna o resgate ainda mais difícil.

Ao menos 90 mergulhadores locais e estrangeiros participam da operação. Eles estão presos em um ponto entre dois e três quilômetros da entrada da caverna. Algumas partes do caminho estão inundadas e outras exigem escaladas. O tempo para chagar até o grupo é de seis horas e a volta é de 5 horas.

Uma pausa de ao menos dez horas nos resgates deve ocorrer agora para permitir o reabastecimento de reservatórios de oxigênio. A reportagem será atualizada assim que novas informações surgirem.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome