quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
36.4 C
Blumenau

Governador determina fechamento da barragem de José Boiteux

Barragem de José Boiteux - foto de Otávio Junior
Barragem de José Boiteux – foto de Otávio Junior

O governador de Santa Catarina Jorginho Mello determinou na noite deste sábado (7) o fechamento das comportas da barragem de José Boiteux, a maior do Estado. A estrutura está sem manutenção há cerca de uma década.

Diferente das barragens de Taió e Ituporanga, que estão operando normalmente, a de José Boiteux está fora de funcionamento por problemas técnicos e políticos. Indígenas que moram na região são afetados quando a barragem é operada.

“Vamos fechar as duas comportas da Barragem Norte, de José Boiteux. Nossas equipes já estão se dirigindo para o local. Também já fechamos a quarta comporta da barragem de Ituporanga” afirmou o governador Jorginho pelas redes sociais.

Segundo apurou o Farol, existe a possibilidade técnica de baixar as comportas da estrutura por meio de um equipamento externo. As instalações originais foram depredadas pelos indígenas no passado em protestos contra a operação.

Policiais militares foram deslocados para a barragem durante a noite para garantir que técnicos possam fechar as comportas. Até a última atualização, um grupo de indígenas impediam o acesso a casa de máquinas do local*.

Enchente em Blumenau

O município mais populoso da região, Blumenau, é diretamente afetado pelas operação da barragem. É previsto que o município tenha uma enchente de até 12 metros entre domingo e segunda. O nível atual é de 8.42 metros, estado de alerta máximo.

A previsão mais recente é que o Rio Itajaí-Açu chegue a 10 metros ainda neste sábado. Confira a relação de cotas por ruas.

*notícia atualizada

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas