Suspeito de novo estupro é preso em motel

Segundo informações da Rádio Clube, o suspeito de ter estuprado uma jovem de 24 anos na Vila Nova foi preso. O crime teria acontecido na madrugada desta sexta-feira (28) quando o homem teria escalado o segundo andar do prédio na rua Theodoro Holtrup, Vila Nova, onde a vítima reside.

Além de violentar a moça, o suspeito também teria levado cerca de R$ 200,00. Durante o crime o suspeito ainda teria dito: “Vou cometer isso, porque estuprador não fica preso”.

Detido no motel

Um taxista foi quem teria levado o suspeito até um motel bairro Bela Vista, Gaspar, na noite anterior. O profissional procurou a polícia após perceber que as características do estuprador eram semelhantes com as do cliente que ele havia atendido. O rapaz estava dormindo e não resistiu a prisão.

A vítima, que ainda não fez o reconhecimento, foi encaminhada ao Hospital Santa Isabel para exames.

Caso semelhante gerou revolta

Uma jovem de 19 anos também foi estuprada no bairro Fidélis. O crime teria acontecido na madrugada da quinta-feira, 20. Mas o suspeito, Claudinei Rodrigues da Silva, nem chegou a dormir na prisão: o juiz substituto da 1ª Vara Criminal, Daniel Radunz, relaxou o auto de prisão em flagrante.

Nessa semana o promotor Leonardo Todeschini encaminhou um pedido a justiça em nome do Ministério Público para que o suspeito seja preso novamente. Se a solicitação de prisão não for acatada, o promotor disse que irá recorrer ao Tribunal de Justiça.

Um comentário

  1. Como é que um juiz relaxa a prisão em flagrante de um vagabundo desses?
    Temos que mudar nossa legislação penal imediatamente. Que os deputados federais e senadores deixem um pouco de lado as politicagens e se dediquem a coisas que realmente importam.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome