Semana na Câmara – Zeca escapa de votar o PPA

O ponto alto da sessão da quinta-feira, 31, foi quando a mesa diretora leu o pedido de afastamento por licença médica de Zeca Bombeiro (SDD). Jefferson Forest (PT) pediu copia do atestado. O petista ficou visivelmente incomodado, pois o voto do Zeca seria essencial na tentativa de derrubada do veto sobre a emenda que repõem R$ 100 milhões de perdas para os servidores, inclusa no PPA.

Melou

Finalmente a mesa diretora agilizou a chamada do suplente de Fábio Fiedler. Porém, agora, Almir Viera, que antes teria abrido mão do cargo, decidiu repensar. Se fosse empossado, logo seria obrigado a deixar a cadeira, pois pode ser cassado. Marcelo Lanzarin, “ficha limpa”, respeitou a decisão.

Pinga fogo

Não conseguir aprovar uma lei é certamente algo muito frustante a um vereador. Cezar Cim (PP) criticou o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) por vetar seu projeto que tratava de cobrança fracionada em estacionamentos privados. Ele disse que em partes as justificativas do Prefeito são mentirosas.

Transparência

Célio Dias (PR) voltou a pedir a divulgação dos telefones dos servidores públicos comissionados no site da Prefeitura. O vereador já havia feito uma lei nesse sentido, que foi vetada. A justificativa era transparência, pois o cidadão iria saber pra quem ligar na hora que precisasse.

Petróleo Blumenau?

O presidente de Câmara, Vanderlei de Oliveira (PT), criticou em tom de ironia os buracos feitos pela empresa de saneamento Foz do Brasil. Segundo ele, a Petrobras já estaria em Blumenau abrindo buracos para encontrar petróleo na camada do pré-sal. “Só não vi a Petrobras nestes locais” concluiu.

16 minutos

Uma fala normal média é de cinco minutos. Mas devido a ausência de colegas da bancada, Mario Hildebrandt (PSD) falou por 16 minutos, algo raro. Tratou sobre os recursos vindos do governo do estado para a conclusão do Dique da Fortaleza para estudos de prevenção.

Rápidas:
– Forest apresentou dados que colocam a construção da ponte do centro histórico em risco. Segundo ele, a melhor escolha era o projeto da antiga administração.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome