Primeiro caso de Sarampo de 2020 é confirmado em Blumenau

A Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Blumenau registrou nesta semana o primeiro caso importado de sarampo de 2020 na cidade. Trata-se um jovem de 24 anos, que esteve em uma cidade litorânea de Santa Catarina, e teve contato com uma pessoa que contraiu sarampo. Ele já recebeu tratamento e não precisou ser internado.

Este é o segundo caso importando registrado no município em menos de três meses. Em novembro de 2019 uma mulher de 26 anos, moradora de Blumenau, contraiu sarampo após participar de um evento musical em uma cidade da região.

Vacinação contra sarampo e poliomielite inicia na segunda-feira - foto de Marcelo Martins
Vacinação contra sarampo e poliomielite inicia na segunda-feira – foto de Marcelo Martins

Vacinação

A vacina contra o sarampo está disponível nas salas de vacinação do município durante todo o ano, seguindo o calendário vacinal. Crianças entre 6 e 11 meses precisam tomar a dose zero e depois repetir a vacina ao 12 e aos 15 meses; até 29 anos é necessário ter duas doses contra o sarampo registradas na carteira de vacinação; e de 30 a 49 anos, uma dose. Este ano, a Vigilância Epidemiológica já recebeu 2.721 doses do governo do Estado e já aplicou 2.417.

Em 2019 foram aplicadas mais de 30 mil doses da imunização contra o sarampo. A campanha de vacinação ocorreu em duas etapas: primeiro para crianças não vacinadas, maiores de seis meses a menores de cinco anos e em seguida destinada aos jovens de 20 a 29 anos, que não tenham tomado a vacina.

Os principais sintomas do sarampo são febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Este é o segundo caso importado da doença em Blumenau desde 2003. O último registro de um caso adquirido dentro do município foi em 1997.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome