Polícias de Santa Catarina entram em greve na quarta

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) convocou uma greve nacional para a quarta-feira (21). Mesmo faltando apenas 22 dias para a Copa do Mundo, corporações de pelo menos dez estados já confirmaram adesão ao movimento. Entre eles está Santa Catarina.

Entre as que devem parar estão a Polícia Civil, Rodoviária Federal e Federal. A Polícia Militar não está sujeita a essa confederação e não deve paralisar suas atividades, mas o presidente da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (FENEME), Cel Marlon Jorge Teza, declarou apoio ao movimento.

“A atividade é para cobrar do governo uma política nacional de segurança pública” frisou o presidente da COBRAPOL, Jânio Bosco Gandra. O direito de greve está previsto na Constituição Federal, mas Grandra esclareceu em entrevista a revista Veja que “deve ser mantidos de 30% a 70% dos agentes trabalhando”.

Os outros estados em que os policiais devem para são o Amazonas, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Pará, Rondônia e Tocantins. Mas esse número não é o final, já que algumas organizações ainda não responderam. Nenhum dos estados recusou.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome