Polícia e Procon lacram câmaras de bronzeamento em Blumenau

Agente lacrando câmara de bronzeamento - foto do Procon
Agente lacrando câmara de bronzeamento – foto do Procon

Uma operação da Policia Civil em conjunto com a Vigilância Sanitária e o Procon da Prefeitura de Blumenau está fiscalizando nesta semana locais que utilizam câmaras de bronzeamento artificial para fins estéticos, algo irregular.

De acordo com comunicado dos órgãos, a medida atende solicitação do Ministério Público de Santa Catarina por este tipo de equipamento ser proibido no Brasil desde 2009 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o diretor do Procon de Blumenau, André Moura da Cunha, os equipamentos encontrados serão lacrados pelo poder público e os estabelecimentos serão autuados, conforme determina a legislação.

Os proprietários também são levados até a delegacia para confecção de boletim de ocorrência. A proibição do uso de câmaras de bronzeamento para fins estéticos ocorre pelos malefícios causados como câncer de pele devido à presença da luz ultravioleta, envelhecimento da pele, problemas de visão e queimaduras.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome