domingo, 14 de julho de 2024
14.1 C
Blumenau

Polícia Civil deflagra operação combate ao neonazismo em SC

A Polícia Civil de Santa Catarina e de outros estados deflagraram operação de combate ao neonazismo, dando cumprimento a 15 mandados de busca e apreensão na manhã de ontem (11). As ordens judiciais foram cumpridas simultaneamente nos municípios de Florianópolis, Blumenau, Joinville, Curitibanos, em Santa Catarina

Equipes de outros estados também atuaram em Praia Grande, em São Paulo; Curitiba, Maringá e Marialva, no Paraná e Nova Petrópolis e Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Duas pessoas foram presas em flagrante delito e material foi apreendido.

A operação é resultado do aprofundamento das investigações da Operação “Gun Project”, que foi deflagrada em 20/10/2022. Essa investigação apurou a fabricação de arma de fogo, com a utilização de impressora 3D, por uma célula neonazista catarinense. Em encontros presenciais, além de produção de propaganda para fins de divulgação do nazismo, realizavam rituais de culto à doutrina Hitlerista, nos quais os criminosos se autointitulavam “a nova SS de Santa Catarina”.

A operação desta terça-feira faz parte de uma investigação iniciada há oito meses, cujo inquérito policial permitiu identificar associados e células conexas àquele grupo, espalhados por diferentes Estados. Na ação dessa terça-feira, além da apreensão de vasto material de cunho nazista e extremista, foram apreendidas quatro armas de fogo e munições. Foram apreendidos aparelhos celulares e computadores.

Em Nova Petrópolis (RS), uma mulher foi presa em flagrante por resistência e disparo de arma de fogo, após disparar sua pistola quando da chegada dos policiais no interior da residência. No local, foram apreendidas duas armas de fogo, munições e muita parafernália nazista.

Em Maringá (PR), um dos investigados foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo. No local, foi apreendida uma espingarda calibre 12 GA, munições, material nazista e dispositivos eletrônicos.

Em Passo Fundo (RS), foi objeto da busca uma estamparia em que eram produzidas camisetas com símbolos nazistas e supremacistas, resultando na apreensão do material.

A operação policial contou o apoio de 67 policiais, das seguintes unidades: demais delegacias da DEIC, Delegacia de Combate às Drogas (DECOD) da Capital, CPP de Blumenau, DIC de Curitibanos, Delegacia de Polícia de Garuva, DIC de Joinville, DH de Joinville, DPCAMI de Joinville, 3ª DP de Joinville, DP de Nova Petrópolis (PCRS), Delegacia de Polícia de Maringá (PCPR), Grupo Fera do DENARC de Curitiba (PCPR), DRACO de Passo Fundo (PCRS) e DIG de Praia Grande (PCSP).

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas