Especialista remove pichação de prédio histórico

31d1e8255a541e65205645e8975b95aa

Quem passa pela Rua XV de Novembro, em frente à Fundação Cultural de Blumenau, no Centro, pode acompanhar o trabalho da técnica em conservação e restauração de bens culturais Lilian Fernanda Martins. A profissional faz desde sábado (21) o trabalho de recuperação de parte da parede externa que estava pichada.

Lilian comenta que para remoção da pichação em parede do prédio histórico da Fundação Cultural de Blumenau, suporte de fulget de quartzo rosa e branco, foi necessário fazer uma análise química para limpeza com aplicação de solvente com “swob” (cotonetes).

Lilian é funcionária efetiva da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, onde reside, e faz parte do conselho técnico da Associação Catarinense de Conservadores e Restauradores. Além disso, é artista plástica da Associação de Artistas Plásticos de Itajaí.

Expressões artísticas

A Fundação Cultural apoia todas as formas de expressão artística e valoriza a arte dos grafiteiros, exemplo disso é o trabalho desenvolvido pelos irmãos Joba e Alexandre Chamba na parede lateral do Museu de Hábitos e Costumes e no trailler que leva cultura e arte aos condomínios do Projeto Minha Casa Minha Vida.

Mia Avila destaca a Lei 12.408 de 25 de maio de 2011 que, em seu artigo 6º, caracteriza como crime tal prática. “Os causadores desses danos estão sujeitos à pena de detenção e multa, que é maior no caso de o ato praticado contra monumento ou coisa tombada, que é o caso da edificação do prédio onde funciona a Fundação Cultural de Blumenau”.

Com informações da Prefeitura Municipal de Blumenau

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome