Blumenau registra 359 focos do mosquito da dengue

Na manhã desta sexta-feira (6) a Prefeitura de Blumenau realizou a primeira reunião da Sala de Situação, responsável pelo planejamento e gerenciamento de ações de combate a dengue. Os trabalhos são realizados em conjunto por secretarias municipais e outros órgãos públicos, coordenados pela Secretaria de Saúde.

Este ano foram encontrados 359 focos com larvas do mosquito Aedes Aegypti. No mesmo período de 2019, haviam 62 focos registrados. A área infestada compreende principalmente os bairros Centro, Itoupava Seca, Velha, Victor Konder e Vila Nova, que somam cerca de 21 mil imóveis. As equipes dos agentes de combate a endemias têm aumentado as visitas e intervenções nestes locais.

Blumenau é o centésimo município na lista de cidades de Santa Catarina que foram decretadas infestadas. A Coordenadora do Programa de Combate a Dengue, Eleandra Casani ressalta a importância de a população fazer sua parte. “As pessoas precisam entender que esse é um trabalho que deve ser realizado de forma conjunta entre o poder público e os cidadãos. Todos precisam colaborar para eliminar a possibilidade do mosquito se reproduzir”, afirma.

Mosquito da dengue
Mosquito da dengue

Desde janeiro, o município vem intensificando o trabalho de combate aos possíveis criadouros do mosquito, bem como o de prevenção e orientação da população. Além da contratação de 19 novos agentes de endemias para o monitoramento de pontos e focos, as visitas em parceria com soldados do 23º BI são constantes na cidade. A equipe deve iniciar ainda a aplicação de produtos químicos nas áreas infestadas, na tentativa de eliminar o mosquito.

Saiba como eliminar criadouros

– Elimine água parada de todos os recipientes
– Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda
– Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo
– Mantenha lixeiras tampadas
– Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água
– Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água
– Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana
– Mantenha ralos fechados e desentupidos
– Lave recipientes com depósito de água, como potes de comida e água dos animais, com escova ou esponja e detergente, no mínimo uma vez por semana
– Se for necessário que o recipiente fique com água, como no caso de ralos, utilize hipoclorito
– Retire a água acumulada em lajes
– Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados
– Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário
– Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome