Vitória do BEC, homenagem e empate na decisão da Segundona Catarinense

De bem com a vida. É dessa forma que o torcedor do Blumenau saiu do estádio do SESI na noite da última quarta-feira, 2, após o time da casa ter vencido a equipe do Barra por 4 a 0, pela segunda rodada do returno da Divisão de Acesso. Com o resultado, o BEC se manteve na parte de cima da tabela de classificação, brigando por uma das duas vagas para ir à final do returno.

O jogo

O BEC entrou em campo com apenas uma modificação em relação ao time que enfrentou o Inter de Lages na última rodada. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Vena foi o único desfalque que o técnico Rodrigo Cascca obteve para escalar a equipe. No lugar do meia, Cascca optou por Marquinhos, que deu conta do recado.

O Blumenau foi superior no confronto. Tanto é que, aos 13 minutos do primeiro tempo, o meio-campista Marquinhos abriu o placar. Logo, aos 24 minutos da etapa inicial, o artilheiro Negreiros ampliou para o BEC, que foi para o intervalo com dois gols de vantagem no marcador. Na etapa final, bastou dois minutos para o tricolor ampliar novamente com Negreiros. O quarto e último gol da equipe blumenauense foi marcado pelo camisa 10, Matheus Guerreiro, em cobrança de pênalti, aos 31 minutos. Blumenau 4 a 0.

Confronto direto

Pensando em se manter no topo da tabela, vencer o próximo confronto será fundamental para o BEC. Assim, no domingo, 6, a equipe irá a Jaraguá do Sul enfrentar o Jaraguá, às 15h30min, no estádio João Marcatto. Por outro lado, o Barra de Balneário Camboriú irá enfrentar o Pinheiros também no domingo, às 15h30min, no estádio Hercílio Luz, em Itajaí.

Atualizado em 03/10/2013

A partida entre Jaraguá e Blumenau foi transferida para a próxima terça-feira, 8, às 20h, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul.

Maior ídolo da história do Blumenau é homenageado

Antes de a bola rolar no gramado do SESI, Chicão, o artilheiro de Deus e maior ídolo da história do BEC, foi homenageado em campo e ovacionado pela torcida tricolor. Chicão vestiu a camisa do Blumenau no final da década de 80 e começo da década de 90, quando a equipe conquistou o título da segunda divisão do Campeonato Catarinense ao vencer o Figueirense e, posteriormente, o vice-campeonato da elite do estadual. Aos 50 anos, Chicão entrou com os atletas do BEC e deu o pontapé inicial da partida. Além de ser contemplado com um banner repleto de fotos e assinaturas, o ex-jogador ganhou uma placa da diretoria do Blumenau Esporte Clube.

Tudo igual na final da Segundona

Após inúmeros impasses que impediram a disputa da final da Divisão Especial ocorrer no último final de semana, Brusque e Marcílio Dias se enfrentaram na noite da última quarta-feira, 2. Válida pelo primeiro jogo da final, a partida, disputada às 20h30min no estádio Hermann Aichinger, em Ibirama, terminou empatada em 0 a 0 e será definida em mais 90 minutos disputados no próximo sábado, 5, às 19h30min, no estádio Hercílio Luz, em Itajaí. Com o bom resultado em Ibirama, o Marcílio Dias necessita apenas de um empate para erguer a taça da segundona catarinense. Vale frisar que, ambas as equipes já garantiram o retorno à elite do futebol catarinense em 2014.

Demais resultados:

Pinheiros 2×2 Oeste – Hercílio Luz, Itajaí.
Maga 0x4 Jaraguá – Gigante do Vale, Indaial.
Inter de Lages 7×0 Curitibanos – Vidal de Ramos, Lages.
Folga – Navegantes Esporte Clube.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome