Talvez você não precise esperar para sacar o FGTS

Você já deve estar sabendo que será possível sacar o valor inativo das contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Porém, o que muitos não sabem é que já existem regras vigentes para o saque do fundo de garantia.

Preparamos dicas para você consultar se tem saldo disponível e depois conferir em quais condições já é possível retirar o FGTS:

1º passo: consulta

A primeira coisa a ser feita é consultar se existe saldo inativo de FGTS pela internet. Normalmente existem créditos quando o trabalhador pede a conta ou é demitido e não faz a retirada dos valores.

2º passo: as condições

Agora é preciso saber se você se encaixa em alguma das regras já vigentes para retirada do saldo de FGTS:

  • Três anos ininterruptos sem contribuir para o FGTS (três anos sem trabalho)
    • Observação: o saque poderá ser requerido a partir do mês do seu próximo aniversário. Caso o fim do contrato de trabalho ocorra depois do aniversário no ano, será preciso esperar o próximo aniversário.
  • Demissão sem justa causa
  • Término do contrato por prazo determinado
  • Aquisição de casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional
  • Idade igual ou superior a 70 anos
  • Aposentadoria
  • Falecimento do trabalhador
  • Estágio terminal em decorrência de doença grave (trabalhador ou dependente)
  • Neoplasia maligna (trabalhador ou dependente)
  • Portador de HIV – SIDA/AIDS (trabalhador ou dependente)

Para saber os documentos necessários para cada situação, clique aqui.

3º passo: o saque

De acordo com a Caixa, se o valor disponível for de até R$ 1.500,00 deve ser feito em um desses locais portando o Cartão Cidadão e senha pessoal:

  • Correspondentes Caixa Aqui.
  • Lotéricas
  • Postos de Atendimento Eletrônico
  • Salas de Autoatendimento.

Nas salas de autoatendimento das agências, é possível realizar o saque do FGTS sem o cartão do cidadão, informando apenas o número do PIS/PASEP/NIT/NIS e senha, para valores até R$ 700,00.

Se você não possui Cartão Cidadão ou se o valor do saque for maior que R$ 1.500,00, seu atendimento deve ser realizado nas agências da Caixa.

Liberação total a partir de março

Atualmente existem mais de R$ 30 bilhões em contas inativas. O saque para essas contas será liberado a partir de março e o empregado poderá qualquer valor, desde que tenha saído do emprego até 31 de dezembro de 2015.

11 Comentários

    • Você só terá direito em três anos e se permanecer desempregado de acordo com as regras que descrevemos. E pela regra que vai mudar em março, você também não terá direito, pois é só para quem tem saldo inativo de anterior 31 de dezembro de 2015 🙁

  1. Faltou informar que se o término do ultimo contrato de trabalho ocorreu após a data de aniversário da pessoa, o valor só estará disponível após o próximo aniversário do ano em que completa-se o período de 3 anos.Esse tipo de informação deveria ser divulgado também pela Caixa. Evitaria transtornos.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome