População catarinense cresce chega a 6,9 milhões

Bandeira Blumenau Brasil (Marcelo Martins)

Santa Catarina conta com uma população de 6.910.553 habitantes. Os números divulgados pelo IBGE apontam um aumento de 1,3% em relação ao ano passado, o que representa a sexta maior taxa de crescimento entre os estados brasileiros. As estimativas, que consideram dados de 1º de julho deste ano, foram publicadas no Diário Oficial da União da terça-feira (30)

O Brasil soma 206,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,80% entre 2015 e 2016. São Paulo (44,7 milhões), Minas Gerais (21 milhões) e Rio de Janeiro (16,6 milhões) seguem no topo da lista dos estados mais populosos.

Com 3,35% da população nacional, Santa Catarina permanece em 11º lugar no ranking. O estado de Roraima é o menos populoso, com 514,2 mil habitantes (0,2% da população total).

“Por um lado, esses números demonstram que temos um estado atrativo, que as pessoas querem vir morar aqui. Por outro, é um crescimento desafiador porque aumenta muito a demanda por serviços sociais e infraestrutura, aumenta a nossa responsabilidade”, avaliou o governador Raimundo Colombo.

Economia

Mesmo com pouco mais de 3% da população, Santa Catarina tem o sexto maior Produto Interno Bruto (PIB) e é destaque em diferentes indicadores industriais e do agronegócio, sendo, por exemplo, o maior produtor e exportador de carne suína.

O secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, acredita que o caos econômico que atingiu o Brasil acabou destacando Santa Catarina entre os demais.

“Nossa capacidade de atrair negócios é excelente e estamos nos empenhando para manter esse ambiente cada vez mais favorável. […] Temos certeza que quando a crise passar, receberemos muitos investimentos porque seremos o Estado mais competitivo do Brasil”, analisou o secretário.

Também do IBGE, a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (Pnad) aponta que Santa Catarina registrou a menor taxa de desocupação do país no segundo trimestre deste ano, com o índice de 6,7%. No Brasil, a média ficou em 11,3%.

Com informações da Secom SC

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome