Liminar permite retorno de Célio Dias à Câmara de Vereadores

Uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pegou muita gente de surpresa na tarde de terça-feira (20). A ministra Laurita Vaz concedeu uma liminar que permite que Célio Dias (PR) assuma a cadeira na Câmara de Vereadores que ocupava até janeiro de 2014, quando foi cassado.

Célio dias (Denner William)
Célio dias (Denner William)

Segundo a juizá, ele deve aguardar no cargo o julgamento de recurso que questiona o seu afastamento definitivo. Sua vaga havia sido preenchida por Diogo dos Santos, também do Partido da República. A ação foi movida pelos advogados Ruy Espíndola e Sandra Krieger Gonçalves.

A Câmara deve receber em breve o ofício da decisão. Segundo a assessoria, ele deve retornar “já na sessão da próxima quinta-feira (21)”.

Célio Dias já teve pedido de retorno negado

A cerca de seis meses o Farol Blumenau apurou com exclusividade que o Ministro João Otávio de Noronha, do Tribunal Superior Eleitoral, não havia aceitado recurso contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral que afastou Dias.  A medida tomada pela defesa do ex-vereador era uma Ação Cautelar, que tinha como objetivo nessa situação suspender o efeito da cassação.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome