Câmara aprova CPI para investigar vice-prefeito Jovino

defebcedf8bc36ce95ead80cc5fef6cb

Denúncias de irregularidades ambientais e de um servidor público que supostamente trabalhava em um sítio do vice-prefeito, Jovino Cardoso (PSD), serão investigadas em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Blumenau.

Nove vereadores assinaram o documento proposto pelo vereador Jefferson Forest (PT), quatro a mais do que o mínimo necessário, de acordo com o Regimento Interno.

Forest ressaltou que foi um momento histórico para o Legislativo. “Saio desta sessão orgulhoso e motivado para apurar todas as denúncias que envolvem o vice-prefeito”. O vereador foi o autor das denúncias, que foram apresentadas no Facebook:

Bomba, Crime Ambiental e Improbidade Administrativa!!Atendendo minha solicitação, Policia Militar Ambiental e FAEMA realizam operação conjunta de fiscalização e constatam uma série de irregularidades ambientais em propriedade do vice-prefeito Jovino Cardoso.Na mesma propriedade foi constatada a presença de um servidor público , nomeado no gabinete do vice, sendo pago com recursos públicos para trabalhar em sua propriedade.Acompanhe o vídeo!!!

Posted by Jefferson Forest on Friday, May 6, 2016

Próximo passo

O presidente Mário Hildebrandt (PSD) leu o requerimento em Plenário e confirmou com os parlamentares as assinaturas constantes no documento. Ele encaminhou o requerimento à Procuradoria para análise do fato determinado e, na sequência, à Mesa Diretora para providências constantes no Artigo 68 do Regimento Interno.

Para que a CPI seja instalada, a Mesa Diretora precisa publicar uma Resolução de criação da Comissão, o que ainda não tem prazo definido para ocorrer.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome