Brasil Kirin afirma que não quis discriminar ou ofender

Uma propaganda da Schin sobre a Oktoberfest lançada na sexta-feira (14) gerou muita polêmica nas redes sociais. A peça apresentava mulheres de forma sensual em situações cotidianas em Blumenau, em um caixa de supermercado ou em uma mecânica.

“Propaganda depreciativa para a cidade e para nós mulheres blumenauenses”, disse Rosinei Godri Benvenutti na rede social. Muitos também criticaram o final onde um dos personagens diz a uma mulher: “toca pra gente então”.

A Brasil Kirin, responsável pela marca Schin, disse em nota que que a peça publicitária “não tem a intenção de discriminar ou ofender qualquer indivíduo ou região/cidade”. O comunicado também diz que o filme não está sendo mais veiculado.

Assista a propaganda polêmica:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=SpxNkI0nLUs]

Um comentário

  1. Ja passou da hora de “bolar” anuncios com apelo sexual ou de fundo sexual…A mulher se libertou e disse que ia lutar contra o apelo do uso do sexo feminino. mas o que se vê e que ela cada vez mais usa isto em busca do dinheiro fácil… A historia se repete, em universo diferente, com respeito ao trabalho infantil, que usa crianças em desfiles, trabalhos em novelas e propagandas seguindo a mesma retórica. Pesos e medidas diferentes, discurso e prática diferentes..A Confusão está formada na questao de formação de valores, dos adultos de amanha..

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome