quarta-feira, 29 de junho de 2022
14.4 C
Blumenau

Bolsonaro torna permanente auxilio assistencialista de R$ 90 bilhões

Presidente Jair Bolsonaro em Georgetown, Guiana - foto de José Dias
Presidente Jair Bolsonaro em Georgetown, Guiana – foto de José Dias

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (18) a medida provisória que estabelece o Auxílio Brasil permanente. A proposta foi assinada em cerimônia no Palácio do Planalto e será publicada em diário oficial.

O texto autoriza o pagamento do valor R$ 400 ao mês aos beneficiários do programa, que substitui o Bolsa Família. O custo é estimado em R$ 90 bilhões por ano, o praticamente o triplo do custo do antigo programa.

Anteriormente, o governo federal pretendia manter as parcelas até dezembro deste ano e depois reduzi-las para R$ 224. Porém o valor foi mantido e tornado permanente pela Câmara dos Deputados e chancelada pelo Senado.

O Auxílio Brasil foi instituído em novembro do ano passado como substituto do Bolsa Família e do Auxílio Emergencial, que custou cerca de R$ 340 bilhões.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.