Fuga de assaltantes em Ilhota teve intensa troca de tiros

Segundo veículo utilizado na fuga interceptado - foto PMSC
Segundo veículo utilizado na fuga interceptado – foto PMSC

Desde o assalto ao aeroporto Quero-Quero na última semana, de onde os criminosos levaram R$ 9,8 milhões e causaram a morte de uma jovem de 22 anos, as polícias civil e militar empregaram vários recursos para localizar os responsáveis.

Como resultado, foi identificada a movimentação suspeita de uma suposta ambulância e uma Fiat Fiorino. O trabalho de investigação levaram os policiais militares a um galpão na região do Morro do Baú, em Ilhota.

Os policiais ficaram em campana no local para verificar qual seriam os próximos passos dos então suspeitos. Por volta das 5h desta terça-feira (19), três veículos saíram do galpão e foram surpreendidos pela polícia.

Houve uma intensa troca de tiros, mas os veículos conseguiram iniciar fuga. O primeiro interceptado foi a ambulância falsa, que só foi parar em Navegantes onde o motorista foi preso. O segundo encontrado foi o Chevrolet Prisma, da qual os ocupantes abandonaram e acabaram sendo presos em um táxi.

Já o terceiro veículo, um Chevrolet Onix de cor cinza, provavelmente atingido por tiros, conseguiu fugir para a região de Ilhota e Belchior. No local foi montado um grande cerco com tropas convencionais e especiais para a captura.

A Fiorino, que pode ter transportado equipamentos e dinheiro, estava no galpão e está sendo periciada. Diversos objetos utilizados no crime foram localizados. Ao menos oito coletes balísticos e 20 quilos de explosivos estavam na ambulância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here