Saiba dos males causados pelas bebidas alcoólicas

Consumo de bebida alcoólica (USP Imagens)
Consumo de bebida alcoólica (USP Imagens)

Fevereiro é mês de combater os males causados pelas bebidas alcoólicas. Mas especificamente no dia 18, quando inciou a Semana Nacional de Combate ao Alcoolismo. O homeopata e especialista em medicina ortomolecular, Ícaro Alcântara, em entrevista ao Revista Brasil fala sobre o assunto.

Confira mais informações ouvindo a entrevista na íntegra no player:

 

Ele explica que a pessoa que consegue beber socialmente, prefere um vinho, prefere bebidas que possa degustar, toma doses menores, e consegue ficar vários dias sem tomar, porque tem outros prazeres na vida. “O álcool não é seu foco principal de prazer, de ocupar seu tempo”, diz Ícaro.

Para o especialista em medicina ortomolecular a medida que o socialmente vai indo mais para destilado, para bebidas fortes, aonde não se degusta a bebida, não se toma nada de água, ou alguma coisa junto com a bebida, não se come adequadamente, não conversa com outras pessoas. “É o álcool pelo álcool, vai ficando cada vez mais complicado e mais danoso”, informa.

Ícaro afirma que um tratamento realmente eficaz e amplo pode fazer com que a pessoa nunca mais volte a beber. Agora se chegou ao ponto de ter um rotulo de alcoólatra, ou seja, encaixou-se nos critérios para ser classificado como alcoólatra a pessoa precisa de um acompanhamento físico, regenerativo e desintoxicante, mas também de um acompanhamento psicológico, para que os comportamentos mentais que levaram aquela pessoa a beber, sejam reparados.

“Senão quando chegar a uma nova situação de vulnerabilidade, que o cérebro associava o álcool como alguma coisa capaz de atenuar o sofrimento, ou de ser um companheiro numa situação, ela vai acabar voltando. A abordagem tem que contemplar a parte física e a parte mental também, psicológica”, esclarece.

Com informações da EBC

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome