Protesto paralisa terminal do Aterro em horário de pico

Usuários do transporte coletivo precisaram usar caronas ou táxis (Belmiro Avancini)
Usuários do transporte coletivo precisaram usar caronas ou táxis (Belmiro Avancini)

Funcionários da empresa BluMob, que opera o transporte coletivo de Blumenau, deixaram milhares de trabalhadores sem transporte na manhã desta quinta-feira (1º). O principal terminal da cidade, o do Aterro, ficou paralisado por uma hora.

O sindicato de motoristas e cobradores, o Sindetranscol, anunciou por meio da internet que a paralisação foi das 6h30 ás 7h30. Também afirmou que novas paralisações podem ocorrer ao longo do dia.

As paralisações do sistema tentam forçar a concessionária BluMob a aceitar novos termos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Apesar da empresa ter reajustado o salário e cumprir com as obrigações trabalhistas, a categoria quer incluir cláusulas no acordo coletivo que anulem as novas leis do trabalho.

O sindicato também tem intensificado as manifestações políticas ao prefeito Napoleão Bernardes, responsável por romper o contrato com o Consórcio Siga quando o sistema entrou em colapso financeiro. Os trabalhadores das empresas Glória, Verde Vale e Rodovel ainda aguardam o pagamento dos seus direitos.

Assista a um vídeo que mostra a paralisação e os usuários do transporte coletivo aguardando nas plataformas de embarque:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome