Coleta de lixo volta a ser feita no horário das 7h às 17h

Na próxima segunda-feira, dia 9, a coleta de lixo em Blumenau voltará a ser feita  novamente a partir das 7h às 17h e não mais das 5h às 15h como vinha sendo feito desde janeiro. De acordo com o gerente de resíduos sólidos do Samae, João Carlos Franceschi, o retorno para o horário antigo de coleta faz parte de uma decisão da autarquia para beneficiar a população.

“O horário das 5h às 15h não ficou muito adequado para a comunidade. Então voltaremos com os serviços no horário habitual, a partir das 7h da manhã. O objetivo é evitar que o lixo seletivo, que é recolhido uma vez por semana em todos os bairros, fique sem ser coletado, já que ele é depositado após às 7h”, diz o gerente.

O horário das 7h às 17h para a coleta de lixo no município era feito normalmente até dia 16 de janeiro. Mas as altas temperaturas registradas no período obrigaram o Samae à mudança de horário, das 5h às 15h. Segundo João, adiantar o expediente de lixo na cidade foi uma medida necessária para evitar que os trabalhadores ficassem prejudicados em função do calor excessivo.

Serviço mecanizado

Até o fim do primeiro semestre deste ano, Blumenau poderá contar com o serviço mecanizado de coleta do lixo. A iniciativa é do Samae que está analisando a forma de implantar no município esse benefício, nos mesmos moldes de outros município, como Curitiba e Campinas, por exemplo, onde a coleta é feito com a ajuda de containers.

“Ainda neste primeiro semestre vamos entrar com o processo licitatório para contratação de empresas que pretendam realizar o serviço na cidade. Isso vai permitir que a coleta do lixo seletiva será feita no mesmo padrão da coleta do lixo convencional”, diz João.

Atualmente em Blumenau, são recolhidos por mês sete mil toneladas de lixo. Somente com o lixo seletivo, são 480 toneladas. Com isso, o Samae investe mais de 1,5 milhão todos os meses para garantir o serviço em todos os bairros. De acordo com o gerente, o custo por tonelada de lixo convencional chega a R$ 265,00 e R$372,00 para o reciclado. “A intenção também é gerar uma economia na cidade com a coleta mecanizada. O lixo será depositado e recolhido em um ponto da rua e, com isso, menos viagens serão feitas pelos caminhões coletadores e menos gastos também para o município”, diz.

Joni César

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome