Blumenau garante mamografia para mulheres acima de 40 anos

A cidade de Blumenau sempre foi destaque no cenário nacional por suas inovações turísticas e políticas. E duas atitudes, uma da Câmara de Vereadores e outra da Prefeitura de Blumenau, garantem a mamografia de rastreamento para mulheres acima de 40 anos, direito cerceado por uma portaria do Ministério da Saúde recentemente.

Napoleão (Farol)
Assinatura de protocolo (Farol)

A decisão do Governo Federal foi de dar prioridade no exame para mulheres com idade entre 50 e 69 anos, mas acabou gerando muita polêmica, inclusive entre vereadores. Segundo dados da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Blumenau, 60% das mamografias são feitas em mulheres abaixo de 50 anos e os casos de mastectomias, a retirada da mama, são praticamente a metade.

“A maior importância desta da Lei Nº 6713 é regulamentar o direito das mulheres a partir dos 40 anos de fazer a mamografia de rastreamento, ou seja, o exame preventivo. Com isso, podemos detectar precocemente a doença”, argumentou Marcelo Lanzarin (PSD), vereador autor da proposta aprovada nesta quinta-feira (30).

Na manhã desta sexta-feira (31), o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) assinou um o Protocolo de Rastreamento do Câncer de Mama nas unidades de saúde do município, medida que garante o exame. O investimento será de R$ 1 milhão por ano, mas deve garantir a detecção precoce dos casos de doença.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome