BEC goleia e abre vantagem na final da Divisão de Acesso

Com o resultado positivo, o tricolor joga por um
 empate em Lages (Patrick Cruz/Correio Lageano)

Debaixo de chuva, o Blumenau goleou o Internacional de Lages por 4 a 0 na tarde deste domingo, 24, no Estádio do Sesi, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Catarinense da Divisão de Acesso.

Com a força da torcida tricolor, que aos gritos de “time de guerreiro” empurrou o BEC, a equipe blumenauense entrou em campo com a mesma escalação que venceu o Colorado na final do returno. Sendo assim, o técnico Rodrigo Cascca optou por deixar o meio-campista Venna no banco de suplentes.

O Internacional, por sua vez, não contou com Maguila, Elcimar, Vitor Hugo e Brasão. Para a partida de volta, que ocorrerá no próximo domingo, 1, às 17h, no Estádio Vidal Ramos, em Lages, o técnico Nasareno Silva não poderá escalar o meio-campista Alan, que se desentendeu com camisa 12 do Blumenau, Edson, e acabou, juntamente com o goleiro reserva, levando o cartão vermelho do árbitro Jefferson Schmidt.

Para o presidente do Blumenau, Eduardo Corsini, a equipe não pode mudar o estilo de jogo em Lages. “Vai ser uma batalha”, ressaltou o presidente. Sem saldo de gols, basta apenas um empate para o Blumenau conquistar a vaga da Série B do Campeonato Catarinense de 2014. Caso o Colorado conquiste a vitória nos 90 minutos, o confronto irá para a prorrogação, onde o Internacional tem a vantagem do empate.

O jogo

O confronto foi acirrado, com muitas faltas e tendo boa movimentação em campo. Aos 3 minutos do primeiro tempo, Marquinhos, em cobrança de falta, levantou a bola na área, o zagueiro Colorado Fabrício afastou errado e Matheus Guerreiro aproveitou a sobra de bola para abrir o placar. Aos 12 minutos, após errar a finalização cara a cara com o goleiro Nei, Gustavo perdeu a oportunidade de empatar a partida.

Aos 28 minutos, pela direita do campo de ataque, Marquinhos cobrou falta e Renan fez uma linda defesa. Nos lances seguintes, o goleiro Nei salvou o tricolor ao defender a finalização de Gustavo e um cabeceio de Thomas. Antes do intervalo, Negreiros cobrou falta e Renan fez a defesa.

Segundo tempo

Na etapa final, o BEC dominou o Internacional de Lages. Rodrigo Cascca substituiu Marcelinho por Venna, que aos 4 minutos cruzou para Matheus, mas o atacante concluiu para fora. Aos 9 minutos, Negreiros aproveitou o gramado molhado e cobrou uma falta rasteira, a bola desviou na zaga lageana e sobrou para Matheus Guerreiro marcar o segundo gol do Blumenau.

O tricolor conseguiu boas oportunidades de gol com Diego e Marquinhos, porém o goleiro Renan evitou o terceiro gol blumenauense. Aos 34 minutos, o atacante Aldair Bahia chutou colocado e Nei defendeu. Na sequência, Brenno errou o passe e deixou Negreiros cara a cara com Renan, mas o atacante tentou encobrir o goleiro e mandou para fora.

Aos 38 minutos, após boa triangulação tricolor, Marquinhos concluiu no canto direito de Renan e ampliou o placar. Aos 40 minutos, Renan falhou e a bola sobrou para Venna, que cabeceou para decretar a vitória do BEC. Final: Blumenau 4 a 0.

Escalações iniciais

Blumenau Esporte Clube
Nei, Diego, Lucas Pivatto, Lucas Campestrini e Leandrinho; Amaral, Marcelinho, Marquinhos e Matosinho, Matheus Guerreiro e Negreiros.
Técnico: Rodrigo Cascca.

Esporte Clube Internacional de Lages
Renan, Tiago Capeta, Dedo, Fabrício e Gelvane; Alan, Brenno, Bruno e Thomas; Luciano Amaral e Gustavo.
Técnico: Nasareno da Silva.

Por Jhulian Pereira

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome