The Intercept Brasil e o escarro de Willys

David Miranda, vereador do PSol no Rio de Janeiro, foi detido em agosto de 2013 pela policia metropolitana sob acusação de que teria recebido documentos de Edward Snowden no aeroporto de Heathrow, Oeste de Londres.

Nas eleições presidenciais de 2014 Luciana Genro se reuniu com David Miranda e Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, numa campanha de asilo para Snowden. Naquele ano David se filiou ao PSol, onde está está até hoje.

Depois foi alçado, estrategicamente de suplente para deputado federal no lugar do escarradista Jean Willys, o fugitivo de responsabilidades. Utilizar da retórica para subverter os fatos da operação Lava Jato, no intento de provocar no incauto leitor uma falsa moral não surte mais efeito.

O brasileiro esclarecido é informado e rejeita todo e qualquer embuste, principalmente este, que ressurge com nova embalagem e conteúdo criminoso.

Glenn Greenwald, editor do Intercept Brasil e Luiz Inácio, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome