Blumenau tem pequena retração na mercado de trabalho

Indústria foi o setor que mais gerou empregos nos últimos 12 meses, mas puxou número negativo em junho (Arquivo/Agência Brasil)

Após ter liderado a geração de empregos em Santa Catarina em maio, Blumenau registrou uma pequena retração no saldo de postos de trabalho em junho. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), houveram 101 demissões a mais que contratações.


A indústria de transformação puxou o número negativo, com 285 demissões. A construção civil também teve saldo negativo, de 31 vagas a menos. Já o comércio contratou 85 pessoas no mês, seguido pelo setor de serviços, 68, administração pública, 48, e agropecuária, 15.

Em 12 meses a cidade perdeu 279 postos de trabalho (-0,22%). O setor com maior retração foi o da construção civil, de 418 (-7,04%). Já o que mais gerou foi a indústria de transformação, com 603 vagas (1.38%) .

Santa Catarina

O Estado também registrou saldo negativo. Foram 1.546 demissões, com variação negativa de 2.999 vagas em 12 meses (0,15%). A construção civil é responsável por 5.633 dispensas, enquanto que o comércio tem saldo positivo de 2.483.

Brasil

A federação apresentou saldo positivo na geração de empregos pelo terceiro mês seguido. Foram 9.821 vagas criadas no mês (0,03%). Em 12 meses foram perdidos mais de 749 mil (-1,91) empregos em todo o país. Cerca de 283 mil (-11,36) foram somente na construção civil, sendo que somente a agropecuária cresceu, 9.490 (0,58%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here