PM prende no Garcia quatro acusados de tortura e cárcere privado

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Militar (PM) neste domingo (10) após serem acusados por um homem de tortura e cárcere privado. O fato ocorreu no bairro Garcia e os detidos possuem juntos 115 boletins de ocorrência.

A história começou no sábado (9) às 17h quando a vítima foi convidada a ir até a casa de uma mulher. Ao chegar ao local, havia um suposto marido e outros dois homens que começaram a lhe agredir pedindo dinheiro.

Além de roubar seus pertences como celular e carteira com documentos, os criminosos queriam a senha do cartão do banco. Ele foi agredido e ameaçado de morte diversas vezes até que conseguiu fugir, já no domingo (10).

Após conseguir sair do cárcere, abordou pessoas na Rua Otto Marquardt, bairro Garcia, e solicitou para que acionassem a Polícia Militar. As viaturas recolheram as informações e iniciaram as buscas imediatamente, sendo que os três homens foram localizados e depois informaram a localização da mulher.

Todos os suspeitos dos crimes foram algemados e apresentados a Central de Polícia para procedimentos legais. Eles podem responder por extorsão qualificada, restrição da liberdade, associação criminosa e outros crimes. Juntos, os detidos possuem 115 boletins de ocorrência por crimes diversos, inclusive hediondos.

Os presos:

Douglas da Cunha Mateus: 26 boletins de ocorrência, dentre os quais extorsão, moeda falsa, tráfico de drogas, furto, furto a comércio, receptação de veículos, receptação, ameaça e lesão corporal. Liberado do presídio em 14/03/17.

Valkiria da Cunha: 34 boletins de ocorrência, dentre eles furto, furto a comércio, roubo, tentativa de roubo e tráfico de drogas. Liberada do presídio em 20/12/16.

Paulo Ricardo Souza de Lima: 45 boletins de ocorrência, dentre eles dano qualificado, lesão corporal, ameaça, invasão de propriedade, roubo, furto, furto de veículo, furto a comércio e receptação. Liberado em 25/01/2019.

Kemerson de Matos de Lima: 10 boletins de ocorrência, dentre os quais pelos crimes dano, dano qualificado e resistência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here