Tudo que vai, volta

Sócios da felicidade (Hsin Hsieh/Flickr)
Sócios da felicidade (Hsin Hsieh/Flickr)

Tudo que vai, volta. Tudo que decola, pousa. Tudo que é plantado, é colhido. A vida, não é uma linha reta onde nossas ações ficam para trás sem deixar rastros ou vestígios. Para o bem ou para o mal, por onde nossa existência passa são deixados registros.

Talvez, um dos segredos mais aterrorizadores que o homem moderno aos poucos descobre é que, na grande maioria das vezes, somos nós os responsáveis pelas marcas que deixamos. Somos nós os responsáveis por lembranças agradáveis ou desagradáveis deixadas nos corações daqueles que estão próximos.

Sem querer, a vida se torna um enorme e esgotante ciclo em que nossas ações são interligadas com o nosso futuro. Se fizermos o mal, será cobrado juros na hora da despedida.

Não adianta objetivarmos felicidade e sucesso nas relações pessoais se no presente não plantamos a felicidade e sucesso. O futuro feliz é uma semente que necessita ser regada todos os dias cuidadosamente, é um investimento de longo prazo que precisa de atitudes positivas por nossa parte.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here