Votação de impeachment na Câmara é anulada

Waldir Maranhão (PP-MA) é presidente interino da Câmara (Antonio Augusto / Câmara dos Deputados)
Waldir Maranhão (PP-MA) é presidente interino da Câmara (Antonio Augusto / CD)

O presidente interino da Câmara dos Deputados, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), anulou hoje (9) as sessões do dias 15, 16 e 17 de abril, quando os deputados federais aprovaram a continuidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Ele acatou pedido feito pela Advocacia-Geral da União (AGU). Na decisão, ele argumenta “ocorreram vícios que tornaram nula de pleno direito a sessão em questão”.

Maranhão marcou uma nova votação, para daqui a 5 sessões do plenário da Casa, para os deputados federais voltarem a analisar o pedido impeachment. O prazo começa quando o processo for devolvido pelo Senado.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome