Vereadores aprovam lei que proíbe radares móveis em Blumenau

Radares são utilizados para fiscalização diariamente - foto de Marcelo Martins
Radares são utilizados para fiscalização diariamente – foto de Marcelo Martins

A Câmara de Blumenau nesta quinta-feira (4), um projeto de lei que proíbe o uso de radares móveis no município. O autor, vereador Jovino Cardoso (SD), já foi flagrado em grupos de Whatsapp denunciando local de blitzes.

O texto do substitutivo diz que “é vedado aos órgãos de trânsito do município de Blumenau o uso de dispositivo registrador de velocidade do tipo móvel – radar portátil – cuja fiscalização seja realizada de dentro dos veículos de trânsito em movimento, ou mesmo estando o agente público fiscalizador em pé ao lado da via pública”.

O projeto e também seu substitutivo foram apresentados em 2019 mas não tinham sido votados em plenário na legislatura anterior. Agora, o vereador manifestou interesse de seguir com o trâmite da matéria – que estava pronta para votação – com a concordância dos demais parlamentares.

“Por que a fiscalização não era feita de madrugada, quando temos um alto índice de acidentes com vítimas?”, questionou Jovino. O vereador Emmanuel Tuca (Novo) também justificou seu voto, dizendo que esse modelo de arrecadação não cumpre o objetivo, que é garantir a segurança no trânsito.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome