Vereador quer liberar corredor de ônibus em dia de paralisação

Cidade amanheceu sem ônibus (Marcelo Martins)
Blumenau amanheceu sem ônibus na segunda-feira (23), mas poucos ousavam circular no corredor (Marcelo Martins)

Na última segunda-feira (23) Blumenau amanheceu sem transporte coletivo: mais de 100 mil pessoas foram prejudicadas diretamente, mas o congestionamento afetou até mesmo quem se desloca com carro, moto e por outros meios.

No decorrer da mesma manhã a Guarda Municipal de Trânsito noticiou que todos os corredores de ônibus, com exceção do que fica na via 2 de Setembro, estavam liberados para todos os tipos de veículos, mas muitos motoristas não decidiram arriscar e talvez nem ficaram sabendo.

Porém, um Projeto de Lei que tramita na Câmara Municipal de Blumenau pretende acabar com essa insegurança regulamentando como direito que o trânsito seja liberado nos corredores quando houver paralisação, mesmo que seja por dias ou por horas.

Nossa intenção é informar, facilitar a circulação dos automóveis e diminuir os congestionamentos quando necessário”, afirmou o presidente da Casa, Mário Hildebrandt (PSD).

De acordo com a assessoria do Legislativo, o texto deve passar pela Comissão de Constituição e Justiça e posteriormente deve ser aprovado pelos 15 vereadores. Depois o proposta segue para apreciação do prefeito Napoleão Bernardes (PSDB).

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome