União goleia e garante a segunda vitória seguida na Liga Riosulense

Chuva, banhado, campo pesado: ingredientes que juntos nos fazem imaginar de como será uma partida de futebol: morna e de chutões para qualquer lado. Quem imaginou isso, se enganou! Na rodada de abertura do returno da 8ª Taça SDR em jogo válido pela Chave B, o confronto entre União de Taió e Associação Boa Vista mostrou completamente o contrário! As equipes se enfrentaram no estádio do União necessitadas da vitória, uma derrota complicaria muito a situação para ambos no torneio.

Em grande jogo, União brilha e goleia Boa Vista

O jogo começou com muitos passes errados, muito em culpa do gramado encharcado pela chuva e aos 9 minutos do primeiro tempo, o Boa Vista abriu o placar, mas o gol foi anulado em razão do jogador riosulense estar em posição de impedimento.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Copelli passa pelo goleiro e abre o placar, daí pra frente, a equipe de Taió tomou conta do jogo administrando muito bem o meio campo e aos 43 minutos, Cleiton amplia e Copelli aumenta aos 46.

Como diz o ditado, 3 vira, 6 acaba, o segundo tempo começou eletrizante, a equipe de Taió fazia um ataque atrás do outro sem praticamente dar chances ao Boa Vista, e assim foi no restante do jogo.

Cleiton se destaca no jogo e marca mais dois, aos 17 e aos 23 minutos do segundo tempo, respectivamente. A chuva foi engrossando ao longo da etapa complementar, mas não foi problema para o União que, aos 32 minutos colocou o último prego do caixão do Boa Vista mais uma vez com Copelli. No restante da partida, a equipe taioense continuou criando oportunidades, mas o jogo terminou assim.

União “lavou a alma”

Com o resultado de 6 a 0 sobre o Boa Vista, o União literalmente “lavou a alma” e vence a segunda partida consecutiva, seguindo em busca de uma vaga para a próxima fase da Liga, enquanto o Boa Vista está eliminado do torneio e jogará as próximas partidas apenas para cumprir tabela. A equipe de Rio do Sul perdeu todos os seus jogos até aqui e não tem mais nenhuma chance de classificação. Com três gols de Copelli e três de Cleiton, ambos entram para o ranking de artilheiros da Liga Riosulense, ocupando o terceiro lugar, com três gols (o artilheiro continua sendo José Monteiro, do Poço Rico, com 9 gols).

Poço Rico vence e garante classificação

Jogando em sua casa, no estádio da Klabin, o Poço Rico/Ofertão também venceu por goleada, com um placar elástico de 4 a 0 sobre o Serra Cima, pela Chave A, com gols de Alagoas (2), Robinho e Gilmar). A equipe de Otacílio Costa agora soma 15 pontos, tendo vencido todos os seus jogos e está matematicamente garantida na próxima fase, juntamente com o União Papanduva. Pelo mesmo grupo, a Ponte Preta venceu o Boa União fora de casa por 3 a 1 e segue na segunda colocação, com grandes chances de classificação.

Complemento da rodada

Pela Chave B, a mesma do União de Taió, o União Papanduva vinha de três vitórias consecutivas, mas esbarrou no Aurora/Ecotrat jogando em Aurora e não saíram do empate por 1 a 1. Santo Antônio e ADAP se enfrentaram em Rio do Oeste pela Chave C e o time da casa fez 3 a 0, assumindo a liderança do grupo e jogando a ADAP para a lanterna. Fechando a rodada, tivemos o eletrizante empate entre Palmeiras e Maringá por 3 a 3, em Ituporanga, pela Chave D. Classificação:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome