Transporte coletivo emergencial terá mais seis meses

Empresa Piracicabana vai prestar o serviço emergencial por mais seis meses (Jaime Batista)

O transporte coletivo de Blumenau deve operar de forma emergencial por mais seis meses. Um novo contrato foi assinado ontem (18) para manutenção do serviço enquanto acontece a licitação para concessão do transporte.

O novo contrato com a Piracicabana tem prazo de até 180 dias e será encerrado quando o vencedor da licitação iniciar a operação. O documento atual segue os moldes dos anteriores e já prevê o reajuste da tarifa.

Licitação

Está marcado para o dia 30 de janeiro o prazo para empresas interessadas na concorrência, efetuarem a entrega dos documentos para concessão do transporte coletivo. A abertura dos envelopes com as propostas de preço também inicia nesta data, às 14h. A nova operação ocorrerá em até 90 dias da assinatura.

“A Prefeitura tem se empenhado para a pronta conclusão do processo de licitação, no menor prazo possível e adequado aos novos moldes propostos para o transporte coletivo da cidade”, ressaltou Mário Hildebrandt, prefeito em execício.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome