Início Política e Economia Comércio e Indústria Teka não vai cumprir acordo com trabalhadores demitidos

Teka não vai cumprir acordo com trabalhadores demitidos

O clima era de expectativa por parte dos credores da Teka Tecelagem Kuehnrich, mas ela não cumprirá com o cronograma de pagamento da Recuperação Judicial, que, segundo o Juiz responsável, Osmar Tomazoni, vence no próximo dia 26 de Novembro.

Em uma nota controversa, a empresa afirma que “está honrando com o pagamento da parte trabalhista” e engloba na expressão “demais credores” os fornecedores, bancos e milhares de trabalhadores que saíram ou que foram demitidos sem receber nenhum direito. Estes seriam pagos “dentro do prazo determinado”.

Mas segundo a nota, “a homologação do Plano de Recuperação ainda se encontra pendente no Tribunal de Justiça de Santa Catarina”. Em outra oportunidade, a empresa havia afirmado que o prazo vence em Janeiro de 2015, contrariando o que pensa o próprio juiz responsável.

O débito submetido a recuperação judicial é de R$ 458 milhões, mas o passivo total da empresa supera R$ 1 bilhão. A reportagem tentou buscar maiores esclarecimentos com a empresa, mas não obteve resposta pela Assessoria.

Sair da versão mobile