TAC de melhoria do transporte é fruto de denúncias ao Farol

Maior oferta de veículos pode diminuir
Maior oferta de veículos pode diminuir o caos no transporte? (Jaime Batista)

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pelo Ministério Público com a Prefeitura de Blumenau e a Viação Piracicabana deve finalmente trazer melhorias para o transporte coletivo de Blumenau.

Ele estabelece uma série de metas a serem cumpridas sob pena de multa. Já na segunda-feira (07), 240 ônibus devem estar na cidade, sendo que 20 serão considerados reservas e os 220 restantes nas ruas. Com isso, novas tabelas foram elaboradas pelo Seterb aos patamares em que o Consórcio Siga operava antes da rescisão.

A empresa também se comprometeu em instalar até a quinta-feira (10) uma Ouvidoria para atender os consumidores. No mesmo dia os usuários devem ter a possibilidade de comprar passes pela internet.

O que também foi firmado é que a empresa tem de providenciar o funcionamento dos letreiros eletrônicos dos ônibus até o dia 15.

TAC é resultado de iniciativa do Farol

Desde o dia 09 de fevereiro o Farol Blumenau disponibilizou uma página onde o usuário pode denunciar a falta ou o atraso de ônibus. Ao todo, mais de 90 denúncias foram registradas, isso sem considerar inúmeras feitas pelas redes sociais.

Apesar de o Seterb e da Piracicabana não terem respondido as reclamações, o promotor Odair Tramontin, titular da 15ª Promotoria de Justiça da Comarca de Blumenau, deu abertura a um Inquérito Civil para análise das denúncias feitas:

Andamento do processo aberto pelas reclamações feitas no Farol!

Nesta terça-feira (01), o promotor informou à reportagem do Farol que o Inquérito havia sido arquivado em virtude da celebração do TAC. A promoção de arquivamento pode ser lida na íntegra clicando aqui.

Em comunicação anterior, Tramontini manifestou que reclamações enviadas pelos leitores do Farol “servem de suporte fático para comprovar aquilo que a maioria já sabe: o serviço é deficitário e precisa ser melhorado com urgência.”

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome