Suspeito de matar Bianca é liberado após depoimento

O ex-companheiro de Bianca Mayara Wachholz, morta na quarta-feira, se apresentou ontem (26) a noite no plantão da Polícia Civil. Éverton Balbinott de Souza, de 31 anos, chegou por volta das 22h e foi liberado após procedimentos.

Durante o depoimento ao delegado plantonista Bruno Effori, o suspeito ficou em silêncio e depois foi liberado. Como não houve flagrante do crime e ainda não há pedido de prisão preventiva, o suspeito não pode ser preso.

De acordo com testemunhas, Éverton invadiu a casa da mãe de Bianca, de 29 anos, e disparou contra seu rosto. O homem não teria aceitado o fim do relacionamento e já havia agredido e ameaçado a vítima, segundo pessoas próximas.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome