Servidores rejeitam nova proposta de reajuste e greve continua

Servidores em frente a Prefeitura de Blumenau – foto do Sintraseb

Os servidores rejeitaram nesta segunda-feira (24) uma proposta de reajuste da Prefeitura de Blumenau. A reposição de 5,07% seria de 0,75% na folha de agosto, 0,75% em outubro, 1,50% em dezembro e 2,07% na folha de janeiro de 2020.

A proposição do governo municipal foi fruto de uma reunião neste domingo (23) em que o prefeito Mário Hildebrandt argumentou estar “trabalhando para apresentar uma proposta viável, diante das grandes dificuldades financeiras do Município”.

A proposta foi protocolada pela manhã para o sindicato dos servidores, o Sintraseb. De acordo com a administração municipal, o reposição prevista para maio não pode ser paga  de imediato pelo momento econômico e queda de receitas.

A categoria se reuniu durante a tarde em uma assembleia em frente a Prefeitura nesta segunda-feira e recusaram a proposta do governo municipal. A categoria admite o parcelamento do salário, mas sendo 1% na folha de agosto, 1% em setembro, 1% em outubro, 1% em novembro e 1,07% em dezembro.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome