domingo, 3 de julho de 2022
14.3 C
Blumenau

Servidores de Blumenau anunciam estado de greve após assembleia

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau (Sintraseb) anunciou nesta terça-feira (1º) que a categoria está em estado de greve. O comunicado ocorre após assembleia realizada pelos servidores durante a tarde.

De acordo com a manifestação, o prefeito Mário Hildebrandt ignorou os servidores e o sindicado e “aproveitou para aprofundar o ataque ao serviço público e aos direitos”. Entre as pautas estão a demanda de atendimento dos casos relacionados a Covid-19 e defasagem salarial de 18,65% desde o início da pandemia.

O comunicado aborda ainda a reforma da previdência aprovada em dezembro que aumentou a idade mínima para aposentadoria e reajustou a contribuição a 14% para aposentados e pensionistas do Instituto Municipal de Seguridade Social do Servidor de Blumenau (Issblu) e que recebem acima de R$ 2.200.

Assembleia dos servidores - foto do Sintraseb
Assembleia dos servidores – foto do Sintraseb

Prefeitura responde

A Prefeitura de Blumenau informou em nota que foi surpreendida com a decisão da assembleia porque a data-base prevê a abertura das negociações a partir de abril. Também afirma que até o momento não recebeu nada do sindicato.

No final da tarde o Prefeito Mário Hildebrandt, juntamente com a vice-prefeita Maria Regina e Secretários membros do comitê gestor, se reuniram para avaliar a decisão de greve. “Lamento profundamente a decisão por uma possível greve pois em nenhum momento a mesa de negociação esteve fechada”, reitera o prefeito.

Confira abaixo a carta divulgada pelo sindicado:

https://www.facebook.com/sintraseb/posts/354390933356278

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.