Semana na Câmara – Siga foi multado em R$ 20 milhões por irregularidades, diz Naatz

O principal articulador do governo no legislativo, Ivan Naatz (PDT), afirmou que o consórcio Siga, composto pelas empresas Glória, Rodovel e Verde Vale, foi multado em R$ 20 milhões por irregularidades. O maior problema é a frota defasada, em especial na empresa Glória.

Coletivo urbano no terminal da fonte (Jaime Batista)
Coletivo urbano no terminal da fonte (Jaime Batista)

Segundo ele, são 73 veículos acima da idade permitida, que é 10 anos para ônibus simples e 12 para os articulados. Outro agravante é a idade média da frota. A penalidade também ocorre por falta de segurança nos terminais de embarque e não cumprimento de clausulas contratuais.

Pontes

Após uma liminar impedir a construção do projeto do governo de Napoleão Bernardes (PSDB), a bancada veio em peso defender a obra. Naatz trouxe a tribuna diversos documentos e argumentou sobre a vantagem do empreendimento, baseado principalmente no custo. A prefeitura já recorre de liminar que ameaça o projeto.

“O projeto do João Paulo a Prefeitura gastaria R$ 51 milhões. No projeto defendido pelo Napoleão, o valor é de R$ 27 milhões, quase a metade” ressaltou. Ele criticou a liminar, cintando também a obra parada da margem esquerda, afirmou que essas manobras são de pessoas que vão no sentido contrário ao desenvolvimento.

Toma lá, da cá

Durante o pronunciamento de Robinsom Soares, o vereador Beto Tribess (PMDB) criticou em aparte o antigo governo João Paulo Kleinubing (PSD). Robinho, em tom de ironia, falou que o colega também fez parte da antiga administração. Já em sua fala, desconcertado, o peemedebista Tribess disse que seu partido não teve voz ativa na gestão.

Quem dá mais?

Zeca Bombeiro (SDD) apresentou um relatório que aponta João Pizzolatti (PP) como deputado que mais trouxe recursos a Blumenau, mesmo tendo votação pequena na cidade. Segundo ele, de 2003 a 2010 foram mais de R$ 1 bilhão de reais para a cidade. Só neste ano foram R$ 54 milhões.

Rápidas
– O sábio vereador Cezar Cim (PP) disse que a única forma de mudar o Brasil é pelo voto. Também pediu que o sentimento de mudança, que gerou protestos pelo país, continue até as eleições.
– Jens Mantau (PSDB) convidou a população a prestigiar os JASC e torcer por Blumenau.
– Mário Hildebrandt (PSD) defendeu a construção da ponte do antigo governo JPK. Segundo ele, apesar de mais caro, o projeto seria um cartão postal.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome