Segurança relata que noites eram agitadas no Frohsinn

Um segurança que trabalha na Câmara de Vereadores, que fica bem próximo ao antigo restaurante Frohsinn, confidenciou ao Farol que as noites ‘eram agitadas’ no Morro do Aipim. O antigo ponto turístico da cidade pegou fogo no fim da tarde desta quarta-feira (20) e as causas ainda são desconhecidas.

A estrutura era monitorada por câmeras de vigilância. Quando grupos de pessoas subiam até a estrutura, um veículo era enviado para o local, ou, pelo menos deveria.

O segurança que não se identificou relatou que gritos eram ouvidos praticamente todas as noites no antigo ponto turístico da cidade. “Isso aí era uma baderna, todas as noites eram de gritos e barulho”, destacou. 

Prefeitura se manifesta

A prefeitura de Blumenau manifestou em nota que lamenta o ocorrido e que “já havia registrado roubo de câmeras de vigilância instaladas […] e até mesmo um foco de incêndio na semana passada”. A administração também afirmou que “já estuda a possibilidade de reconstrução do prédio nos moldes do que foi destruído pelo incêndio”.

Sobre a segurança, a prefeitura disse que havia um vigia da prefeitura durante o dia e monitoramento de vigilância privada no local.

Confira o vídeo do incêndio:

2 Comentários

  1. faz uns 10 meses que nao havia sistema de monitoriamento funcionando no local,pois nao tinha linha telefonica para conectar com a central de monitoriamento,a segurança só fazia ronda no local de vez em quando e nao podia retirar o pessoal que estavam lá,pois era um local publico.Não tinha segurança noturno fixo,pois não tinha agua e nem banheiro no local,agora dizem que uma empresa cuidava do local…

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome