Segue preso advogado que matou namorada em Balneário Camboriú

Autor do homicídio em negociação antes de se entregar - foto de Fabiana Jordan
Autor do homicídio em negociação antes de se entregar – foto de Fabiana Jordan

O advogado Paulo de Carvalho Souza, homicida confesso da namorada Lucimara Stasiak, segue preso após não pagar a fiança estipulada de R$ 50 mil e ter a prisão preventiva decretada pela Justiça nesta quarta-feira (3).

Após se entregar para a Polícia Militar, o advogado foi apresentado a Polícia Civil pelo flagrante de ocultação de cadáver. O delegado estipulou a fiança em R$ 50 mil, que não foi paga. Horas mais tarde ele teve a prisão preventiva decretada.

O crime

O crime teria ocorrido ainda na quinta-feira (28) no apartamento de um prédio localizado na Rua 3150, no Centro de Balneário Camboriú. Os vizinhos chamaram a Polícia Militar na segunda-feira (2) após ver o advogado carregando sacos de gelo.

O sumiço de Lucimara, de 29 anos, levantou suspeitas de pessoas próximas pela falta de comunicação desde a quinta-feira, provável dia do crime. Natural do Paraná, morou e trabalhou em Blumenau, onde também se formou pela Furb.

O corpo dela será cremado após a liberação do Instituto Médico Legal (IML). As cinzas depois seguem para cerimônia e homenagens em Blumenau.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome