Santa Catarina registra menor taxa de desemprego do país no segundo trimestre

Mesmo em um período de pandemia, Santa Catarina continua com índices bem acima da média nacional nos empregos. O estado segue com a menor taxa de desocupação do país no segundo trimestre de 2020, de de 6,9% ante 13,3% nacional.

Santa Catarina sustenta o menor percentual de pessoas na informalidade e a maior proporção de trabalhadores com carteira assinada no setor privado do país entre abril e junho deste ano. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28) na PNAD Contínua trimestral, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Carteira de trabalho - foto da Agência Brasil
Carteira de trabalho – foto da Agência Brasil

Santa Catarina também se destaca na taxa de informalidade entre as pessoas ocupadas. No Brasil, o índice ficou em 36,9% (30,8 milhões de pessoas) da população ocupada. O estado teve a menor taxa de informalidade entre as unidades da federação, com 25,8%, seguido por Distrito Federal (26,0%) e São Paulo (28,6%). Os maiores percentuais foram registrados no Pará (56,4%), Maranhão (55,6%) e Amazonas (55,0%).

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome