Relator no STJ vota por reduzir pena e Lula por ser solto ainda neste ano

Ministro Félix Fischer, relator do processo de Lula na Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça - foto de Sérgio Lima/STJ
Ministro Félix Fischer, relator do processo de Lula na Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça – foto de Sérgio Lima/STJ

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) está reunida na tarde desta terça-feira (23) para analisar o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tentar reduzir ou anular a pena no caso do triplex em Guarujá (SP).

O relator do recurso, ministro Felix Fischer, abriu a votação e propôs a redução da pena de Lula no triplex, de 12 anos e 1 mês para 8 anos e 10 meses de prisão. Se for aceita pelos demais ministros, o ex-presidente poderá ser solto ainda em 2019, por volta do mês de setembro, para a progressão para o regime semiaberto.

Lula está preso há mais de um ano na sede da Polícia Federal em Curitiba após ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Foi culpado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao receber da OAS um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Você pode assistir no player abaixo:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome