Reinaldo marca duas vezes, mas Metrô perde para o Figueirense

Metrô perdeu para o Figueira – foto de Carlos Amorim

Na noite deste domingo, dia 2, em Florianópolis, o Metropolitano perdeu a invencibilidade no Campeonato Catarinense ao ser derrotado pelo Figueirense por 3 a 2, no Estádio Orlando Scarpelli, pela 3ª rodada da competição.

Com o resultado, o Metrô caiu uma posição e é o terceiro colocado na tabela de classificação. “Contra time grande, temos que jogar mais”, afirmou o atacante Reinaldo.

Na próxima quinta-feira, dia 6, o Metropolitano recebe o líder Criciúma pela 4ª rodada do campeonato, às 19h30min, no Estádio do Sesi, em Blumenau. O Figueirense irá ao oeste enfrentar a Chapecoense na próxima quarta-feira, dia 5, às 22h, no Estádio Índio Condá.


O jogo

Abel Ribeiro colocou em campo a mesma equipe que enfrentou e venceu o Joinville na semana anterior. Assim, o Metropolitano foi um time bem organizado defensivamente, uma vez que, para atacar, a equipe blumenauense encontrou dificuldades.

Aos 6 minutos, Everton Cesár chutou de longe, mas a bola foi por cima do gol de Tiago Volpi. Aos 8 minutos, Giovanni Augusto aproveitou a sobra de bola na área e finalizou sem perigo.

Aos 30 minutos, Marcos Assunção, que entrou no lugar do lesionado Paulo Roberto, cobrou falta e exigiu uma bela defesa do goleiro João Paulo. Aos 37 minutos, Reinaldo obteve uma ótima oportunidade, mas não foi feliz na finalização e Tiago Volpi defendeu com facilidade.

Aos 39 minutos, Everton Santos ficou cara a cara com João Paulo, que fez a intervenção e salvou o Verdão. Aos 44 minutos, Alexandre Carvalho fez falta em Lúcio Maranhão. Na cobrança, Marcos Assunção bateu no ângulo direito de João Paulo, que não pôde fazer nada. Figueirense 1 a 0.

Segundo tempo 

Júlio Zabotto e Maurinho deram lugar a Juliano Mineiro e Edmar no início do segundo tempo. Porém, mesmo com as modificações, foi o Figueirense que permaneceu atacando.

Logo no primeiro minuto, o atacante Wesley finalizou para fora, assustando o goleiro João Paulo. Aos 5 minutos, Alexandre Carvalho quase empatou, mas o chute saiu por cima do gol. Em seguida, Everton Santos, pela direita, cruzou para Lúcio Maranhão que, sozinho, cabeceou para fora.

Aos 11 minutos, Lúcio Maranhão aproveitou a sobra de bola e cabeceou por cima de João Paulo, ampliando o placar para o Furacão, 2 a 0. Aos 14 minutos, Juliano Mineiro, em cobrança de falta, levantou a bola dentro da área, Alexandre Carvalho subiu e cabeceou com perigo.

Aos 16 minutos, Ari tentou o passe dentro da área e Thiago Heleno colocou a mão na bola, pênalti para o Verdão. Na cobrança, Reinaldo chutou no canto direito de Tiago Volpi e estufou as redes. Aos 22 minutos, Lúcio Maranhão recebeu nas costas de Alexandre Carvalho, correu em direção ao gol e chutou no canto direito de João Paulo, que não alcançou a bola, Figueirense 3 a 1.

Aos 46 minutos, Ari cruzou e Reinaldo empurrou a bola para o fundo do gol, descontando para o Verdão. Entretanto, com o Figueirense melhor em campo, o resultado se manteve até o apito final e o Metropolitano obteve sua primeira derrota no campeonato. Final: 3 a 2.

Escalações

Figueirense Esporte Clube
Tiago Volpi; Leandro Silva, Nirley, Thiago Heleno e Marquinhos; Paulo Roberto (Marcos Assunção), Rivaldo e Giovanni Augusto (Vitor Júnior); Wesley, Everton Santos e Lúcio Maranhão (Luan). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Clube Atlético Metropolitano
João Paulo; Alessandro, Alexandre Carvalho, Elton e Ari; David (Negreiros), Cícero, Júlio Zabotto (Juliano Mineiro) e Everton César; Maurinho (Edmar) Reinaldo. Técnico: Abel Ribeiro.

Demais resultados da rodada

Criciúma 1×0 Brusque | 01/02/14 – Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.
Marcílio Dias 3×2 Avaí | 01/02/14 – Estádio Hercílio Luz, em Itajaí.
Joinville 0x0 Chapecoense | 02/02/14 – Arena Joinville, em Joinville.
Juventus 5×1 Atlético de Ibirama | 02/02/14 – Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul.

Classificação

(FutebolSC)