Programa Remédio em Casa deverá atender 900 doentes

Remédio em Casa (Secom/PMB)
Remédio em Casa (Secom/PMB)

O Programa Remédio em Casa foi oficialmente entregue à comunidade blumenauense na manhã desta terça-feira (03) em evento na Prefeitura. O programa beneficiará cerca de 900 pacientes reclusos ao leito devido à doença.

Os pacientes acamados, ou com restrição ao leito e impossibilitados de tarefas cotidianas, cadastrados no Sistema Único de Saúde de Blumenau que se enquadrem nos critérios, poderão receber a medicação de uso contínuo da atenção básica em seus domicílios.

Como a condição do paciente não permite que ele vá a Unidade de Saúde, o cuidador do acamado é quem deve solicitar a inclusão no Programa Remédio em Casa. Assim, o responsável ou cuidador não necessita se ausentar de casa.

“Blumenau é referência em Saúde Pública em Santa Catarina. Todas as ações e programas que a Administração Municipal realiza na área da saúde buscam proporcionar ainda mais qualidade nos serviços oferecidos à população”, disse o prefeito Napoleão Bernardes.

Estrutura

O Programa Remédio em Casa conta com uma estrutura dentro do Centro Integrado de Armazenagem e Distribuição (Ciad), onde uma farmacêutica faz a conferência dos remédios que são separados para cada um dos usuários cadastrados.

As caixas, individualizadas e lacradas nominalmente a cada paciente, são encaminhadas às Unidades de Saúde responsáveis pelo tratamento daquele doente. Uma vez por mês as equipes fazem a entrega nas visitas domiciliares.

Veja um vídeo que explica o funcionamento do programa:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome