Procon de Blumenau está fiscalizando possível abuso no preço dos combustíveis

O Procon de Blumenau anunciou hoje (4) que está intensificando a fiscalização nos postos de combustíveis para verificar se está havendo prática abusiva de preços. De acordo com o responsável pelo órgão de defesa do consumidor, Marcello Schiliró, a fiscalização deve atingir mais de 10 postos até o fim de semana.

O órgão afirmou que está autuando os postos de combustíveis, exigindo as notas fiscais de entrada e os cupons de saída, devendo os proprietários dos estabelecimentos apresentarem os documentos desde o dia 1º de janeiro.

“Estamos solicitando os documentos fiscais a fim de constatar ou não a prática abusiva de elevação sem justa causa do preço de produtos e serviços, conforme disposto no Código de Defesa do Consumidor”, diz. “A proposta é fazer a análise dos documentos fiscais solicitados, permitindo traçar a variação entre o valor de compra e venda dos combustíveis durante o ano de 2021”, reforça.

Reajuste na gasolina
Reajuste na gasolina – foto da EBC

Ainda segundo Marcello, nada impede que os postos de combustíveis trabalhem com preços diferenciados, pois a Constituição é clara em seu art. 170, que dispõe sobre ordem econômica, fundada na valorização do trabalho humano e na livre iniciativa, mencionando os princípios da livre concorrência e defesa do consumidor, dentre outros.

Receba notícias do Farol em seu WhatsApp

2 Comentários

  1. Uê ainda têm procom aqui ??
    Está na hora de trabalhar mostrar resultados !!! Cadê o órgão fiscalizador disso?? Quê Barbaridade esses órgãos incompetentes !!!

  2. Parabéns tem que multar mesmo essa cambada de aproveitador além de ser a gasolina mais cara do estado só o governo anunciar o aumento no outro dia já sobem na bomba!

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome