sábado, 1 de outubro de 2022
18.1 C
Blumenau

Processo de federalização da Furb deve ficar para 2023

O ministro da Educação Victor Godoy Veiga e a reitora Márcia Sardá Espindola assinaram ontem (23) um termo de compromisso necessário para o processo de federalização Universidade Regional de Blumenau (Furb).

O termo assinado segue para a publicação no Diário Oficial da União. A reitora da Furb comentou que a pesquisa sobre esse processo já foi realizada, e agora existe um prazo que se encerra em 2023 para comprovar a viabilidade de federalização.

“A assinatura deste termo de compromisso abre portas e aproxima as equipes técnicas da FURB e dos ministérios envolvidos no processo. Internamente, todos os estudos possíveis já foram feitos e agora, com esta assinatura, temos seis meses para demonstrar a viabilidade da nossa universidade federal”, explicou Marcia.

Furb recebeu o Ministro da Educação para assinatura de termo sobre federalização - foto de Gregory Martins
Furb recebeu o Ministro da Educação para assinatura de termo sobre federalização – foto de Gregory Martins

O prefeito de Blumenau Mário Hildebrandt afirmou que “é o primeiro passo necessário para que a Federalização possa, de fato, ser discutida e acontecer”.

O ministro da educação deu destaque para o fato de que “é preciso que o governo federal se debruce para entender quais são os impactos da federalização. Ao MEC cabem as questões educacionais“, de acordo com ele. O ministro esteve na Furb junto aos reitores da Associação Catarinense de Fundações Educacionais (Acafe).

Lucas Baldin
Lucas Baldin
Jornalista e designer gráfico. Atua na produção de textos e audiovisual.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas

Dia da Bandeira

Porque Jânio condecorou Che Guevara