PRF prende cinco suspeitos de participar do ataque a Criciúma

Policiais rodoviários contabilizando dinheiro apreendido
Policiais rodoviários contabilizando dinheiro apreendido

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu hoje (2) no Rio Grande do Sul cinco suspeitos de terem participado do ataque ao Banco do Brasil em Criciúma na madrugada de terça-feira (1º). Os homens portavam grande quantidade de dinheiro.

Dois foram detidos na região da capital gaúcha, Porto Alegre, e três na cidade de Torres, distante 280 quilômetros e 104 quilômetros de Criciúma, respectivamente. A PRF afirmou que os homens são “fortes suspeitos” de terem participado do ataque.

O crime

A cidade de Criciúma foi sitiada por criminosos na madrugada de terça-feira para o assalto a uma agência do Banco do Brasil. Aproximadamente 40 bandidos deixaram o população da cidade chocada pela violência e poder de fogo.

Eles dispararam centenas de tiros e duas horas de ação na posse de reféns. Um policial militar teve os pulmões perfurados logo no início, mas as forças de segurança não confrontaram os criminosos para evitar a troca de tiros na cidade.

O crime teve repercussão mundial devido a brutalidade e também pelo uso de armas de grosso calibre, inclusive com capacidade para derrubar aeronaves.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome