Prefeitura volta atrás e ônibus deixam de circular às 22h40

Ônibus incendiado na Velha (Jaime Batista)
Ônibus incendiado na Velha (Jaime Batista)

A prefeitura de Blumenau reuniu os órgãos responsáveis pelo funcionamento do transporte coletivo e a Polícia Militar na tarde desta terça-feira (07) e decidiu que novamente o serviço deixa de operar depois das 22h40.

Desde de sexta-feira (03) o transporte funcionava desta forma, mas a medida havia sido revogada ontem, mas um novo ataque nesta terça na Velha colaborou para a retomada dos horários especiais.

Até as 20h desta terça-feira os ônibus irão operar normalmente. Após as 20h, as linhas serão otimizadas e agrupadas com escoltas da Polícia Militar, podendo gerar atrasos. De acordo com a prefeitura, os seis terminais urbanos irão funcionar até as 22h40, último horário que sairão linhas dos terminais. Às 23h o sistema deixa totalmente de operar.

A partir das 18h desta terça-feira quatro linhas não irão operar por tempo indeterminado, são elas: 306 – Bruno Ruediger, 311 – Morro Edith, 503 – Pedro Krauss e 511 – Santa Fé.

A partir 21h desta terça-feira, seis linhas alimentadoras irão operar com restrições, são elas: 101 – Fidélis (não vai Morro da Laguna), 123 – Itoupavazinha (não vai Loteamento América do Sol), 308 – Bernardo Reiter (não vai rua Matias Bornof), 508 – República Argentina (não vai Capela), 601 – Fortaleza (não vai Teodoro Klein, Teodoro Passold e Loteamento Piske) e 705 – Ponte Salto (não vai Vila Bromberg). Outras oito linhas alimentadoras deixam de operar a partir das 21h, são elas: 312 – Hermann Barthel, 504 – Araranguá, 505 – Itapuí, 506 – Pastor Oswaldo Hess, 510 – Oscar Buerger, 707 – Concórdia, 708 – Coripós e 709 – Boa Vista.

Uma nova reunião será realizada às 13h30 da quarta-feira (08) para avaliação das ações e definições futuras.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome